Curiosidades

Essa "garotinha" é a prova viva que a internet pode se mobilizar em causas positivas

Deborah Grimshaw Skouson é mãe de Cami, uma garotinha que tem autismo, mas também tem uma obsessão por uma camiseta florida desde que ela estava no jardim de infância, com apenas 5 anos atrás.

Porém, quando Cami deixou de caber na sua camiseta favorita, sua mãe não sabia o que fazer. Bom, a solução era bem simples, bastava comprar uma camiseta nova para Cami, certo? O problema é que a coleção da camiseta não existia mais em sua loja desde o ano de 2012.

 

Mas não foi isso que fez sua mãe desistir de achar uma camisa nova. Deborah resolveu pedir ajuda na internet para solucionar o problema. O apelo da mãe de Cami emocionou as redes sociais, ela explicou a situação e disse que anteriormente já havia comprado outras cinco camisetas em outro site, mas elas também não serviam mais em Cami.
Deborah escreveu o seguinte das redes sociais:
Publicidade

10
“Ok, amigos e família, eu preciso da ajuda de vocês! Como a maioria de vocês sabem, minha filha Cami tem autismo. Nos últimos 4-5 anos, ela está obssecada por esta camisa.
Ela ganhou a camisa no jardim de infância há 5 anos, e encontramos mais 4 camisas dessas desde então, principalmente no eBay.
Esta camisa é de uma marca que foi  vendida em 2011-2012. Precisamos de outra “camisa florida”, então, por favor, compartilhem esse post?
Nós vamos pagar pela camisa e o transporte se alguém for gentil o suficiente para vendê-la para nós. Tem que ser exatamente esta camisa! Tentamos camisas semelhantes, mas elas não agradaram Cami! :)
Muito obrigado!! (Qualquer tamanho!)”
001
Sua publicação no Facebook foi compartilhada 5 mil vezes antes de ser postada em uma página famosa da rede social, e ganhou outros 13 mil compartilhamentos e 10 mil curtidas. O resultado? Deborah atualizou seu post para dizer que ela recebeu 78 camisas em apenas alguns dias. Confiram o post abaixo:
“Fiz este post, há uma semana, na esperança de encontrar algumas camisas para minha filha. Cami adora esta camisa, que traz-lhe um monte de conforto e segurança, o que às vezes é difícil para ela passar por aqui em seu caótico pequeno mundo. Ela não usa a camisa o tempo todo, mas gosta de usá-la depois da escola, e ela usa como uma camisa de pijama.
Na última contagem, estamos em 78 camisas, e muitas pessoas se ofereceram para fazer ursos de pelúcia, travesseiros, cobertores e outras lembranças com a estampa da camisa.
As pessoas são inerentemente boas e gentis, e eu estou feliz pois fui capaz de ser um destinatário de bondade.
Que Deus abençoe a todos!”
E aí amigos acham que depois de caso ainda dá para ter esperança na humanidade? Comentem!

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas