Dicas!

5 cores que precisam estar no seu prato

Montar uma refeição colorida é recomendação clássica entre os nutricionistas. Mas o que cada tonalidade tem de especial?

É indiscutível: quanto mais colorido o prato nosso de cada dia, mais vantajoso ele é para a saúde. Isso porque as cores ajudam a reconhecer uma qualidade dos vegetais: a presença de pigmentos que fazem maravilhas pelo nosso organismo.  Lembre-se: cada fruta, verdura e legume tem um conjunto de propriedades que não é comum aos demais.

Abaixo, veja quais são as cinco cores que não podem ficar de fora da rotina e entenda o porquê:

Roxos
O roxo que tinge a uva, a amora, o açaí e a casca da berinjela é sinal da presença de antocianina, um fitoquímico de respeito. Ele auxilia no controle do colesterol, na prevenção da obesidade e na luta contra tumores.

Brancos
Os alimentos esbranquiçados são fontes de flavonoides, que nos protegem dos radicais livres. Entram nesse grupo maçã (sim, o que vale aí é a polpa), pera, couve-flor, banana e gengibre.

Verdes
Couve, espinafre, rúcula, alface e outros itens verdes reúnem luteína e zeaxantina.

Elas ajudam a derrubar o risco de problemas nos olhos e entupimento nos vasos.

Vermelhos
Esse time rubro, formado por melancia, pimentão, goiaba e, claro, tomate, concentra licopeno. A substância é conhecida por baixar o colesterol e afastar os cânceres de próstata e mama.

Laranja
O que é amarelo ou laranja esconde carotenoides, substâncias que são convertidas em vitamina A no corpo e, assim, preservam a visão. Cenoura, damasco, tangerina, laranja, abóbora e mamão fazem parte da equipe.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas