Mulheres unidas preenchem 38% do Parlamento Nacional

Mulheres unidas preenchem 38% do Parlamento Nacional

22 Outubro, 2016 0 Por Staline Satola

Com o objectivo de contribuir para uma maior participação das organizações da sociedade civil (OSC) na agenda de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas e reflectir sobre o nível de participação efectiva das mulheres na esfera pública e política, a Rede de Luta Contra a Pobreza realizou ontem em Luanda a VIIIª Sessão de Conferências Provinciais de Luanda.

O encontro decorreu sob o lema “Consolidar a parceria para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável”.

A coordenadora para o Desenvolvimento do Género explicou que o enquadramento da mulher no país tem suporte no Decreto Presidencial que define as linhas e as estratégias do desenvolvimento e a implementação dos programas para as mulheres.

Neste contexto, informou existirem 38% de mulheres no parlamento angolano e em várias associações congregadas pelas mulheres em todo o país.

“Temos um foco de jornalistas, acções dirigidas dentro dos municípios pré-urbanos com organizações da sociedade civil que são formadas por mulheres líderes que trabalham com os homens”, disse.

Explicou que as mulheres têm traçado várias estratégias e “para se distanciarem do fenómeno tabu de a mulher começar sempre pela base”. Por exemplo, no ramo em que trabalha (Rede para o Desenvolvimento do Género) congregam mulheres de todos os níveis sociais.

 

 

Fonte: OPAÍS

+ informação encontre no jornal impresso já nas bancas!