Angola

Acessos ao novo aeroporto de Luanda voltam a ter luz verde e custam 692,7 milhões de dólares

A construção, em curso, do Novo Aeroporto Internacional de Luanda (NAIL) vai envolver um programa de obras e intervenções nos acessos viários avaliado em 692,7 milhões de dólares.

A informação consta de um despacho assinado pelo Presidente angolano, autorizando a proposta de adjudicação deste programa de obras, financiado por linhas de crédito da China e realizado por empresas chinesas, mas com a subcontratação de empresas angolanas, lê-se no documento, de 14 de novembro e ao qual a Lusa teve hoje acesso.

Um outro conjunto de obras para garantir o acesso viário ao NAIL tinha sido adjudicado e depois revogado pelo Presidente angolano, em outubro.

Entre as obras agora previstas conta-se o estudo e reabilitação do eixo estruturante Via Expressa Cabolongo/Cacuaco e outros nós, no valor global de 221,8 milhões de dólares.

Envolve também o estudo e reabilitação do eixo estruturante da EN230 e outros nós naquela zona, por 183 milhões de dólares, assim como, na mesma estrada, o troço Viana/NAIL, por 287,7 milhões de dólares.

O despacho presidencial em causa autoriza o Ministério da Construção a celebrar os respetivos contratos de empreitada e a “indicar as empresas angolanas a subcontratar”, mas sem especificar quais as empresas envolvidas.

O novo aeroporto internacional de Luanda está em construção no município de Icolo e Bengo, a 30 quilómetros de Luanda.

 

Leia +

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas