Aumentam os casos de partos por cesariana

Aumentam os casos de partos por cesariana

21 Novembro, 2016 0 Por Staline Satola

Um total de 4.240 partos por cesariana foi registado na Maternidade Municipal do Uíge durante o primeiro semestre deste ano, revelou ontem, naquela cidade, a directora administrativa daquela unidade sanitária, que se mostrou preocupada com o elevado número de casos.

Madalena Anselmo disse que foram realizados, durante o período em análise, 4.240 partos, 330 dos quais ocorreram por cesariana, correspondentes a 7,8 por cento das intervenções realizadas.

Em termos de nados, referiu que o hospital registou 4.048 vivos, 192 mortos e cinco mulheres acabaram por perder a vida durante o trabalho de parto.

A directora administrativa da Maternidade do Uíge recordou que o número de partos por cesariana se deveu, por um lado, aos atrasos registados na chegada das parturientes ao hospital e, por outro, pelo facto de as gestantes serem menores de idade e possuírem uma bacia óssea não desenvolvida.

“Portanto, temo-nos deparado com esta situação, pois as gestantes que foram submetidas a cesarianas são na sua maioria jovens que, além de não possuírem uma bacia óssea desenvolvida, também não têm capacidade para permitir a saída do feto, obrigando os técnicos a recorrer a histerotomias para salvaguardarem a vida das parturientes e das bebés”, precisou.

 

[button color=”” size=”” type=”round” target=”” link=”http://tpa.sapo.ao/noticias/sociedade/aumentam-os-casos-de-partos-por-cesariana”][/button]