Curiosidades

Conheça – O fotojornalismo independente

A ideia de fotojornalismo independente surgiu na França após a 2ª guerra mundial.

Formou-se a agência de fotógrafos com um mesmo objetivo, ter liberdade de pauta, discutir os trabalhos realizados, aprofundar-se nas reportagens e sobre tudo lutar contra os direitos autorais e aposse dos negativos originais.

A Agência cooperativa Magnum, fundada em 1947 em Paris, por quatro fotógrafos, HENRI CARTIER BRESSON, ROBERT CAPA, DAVID SEYMOUR e GEORGE RODGER.

Foi a pioneira um movimento de reconstrução da Europa e progresso tecnológico exigido pela destruição de guerra proporcionaram a criação de uma forma nova de fazer e comercializar a fotografia e discutir a sua função, paris pela sua importância geográfica e ideológica, facilitava isso, a criação dessa nova forma de agencia imagens viria a modificar toda a história de jornalismo no mundo inteiro.

Fotografia social, nesta categoria estão incluídas a fotografia política, de economia e negócios e fotografia de fatos gerais dos acontecimentos das cidades, estado e o País, incluindo a fotografia de tragédia, fotografia desportiva nesta categoria normalmente as informações de lances individuais influem na sua publicação.

Fotografia cultural, neste tipo de fotografia costuma chamar a atenção para a notícia antes dela ser lida, fotografia policial, crimes, mortes.

Este tipo de fotografia muitas vezes, recebe destaque na sua publicação, o que provoca as mais variedades reações diante dos factos.

 

Via Jornal O PAÍS (Edição Impressa) Nº 579

Staline Satola

Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Related Articles

Close
Ir para a barra de ferramentas