Curiosidades

Conheça – O fotojornalismo independente

A ideia de fotojornalismo independente surgiu na França após a 2ª guerra mundial.

Formou-se a agência de fotógrafos com um mesmo objetivo, ter liberdade de pauta, discutir os trabalhos realizados, aprofundar-se nas reportagens e sobre tudo lutar contra os direitos autorais e aposse dos negativos originais.

A Agência cooperativa Magnum, fundada em 1947 em Paris, por quatro fotógrafos, HENRI CARTIER BRESSON, ROBERT CAPA, DAVID SEYMOUR e GEORGE RODGER.

Foi a pioneira um movimento de reconstrução da Europa e progresso tecnológico exigido pela destruição de guerra proporcionaram a criação de uma forma nova de fazer e comercializar a fotografia e discutir a sua função, paris pela sua importância geográfica e ideológica, facilitava isso, a criação dessa nova forma de agencia imagens viria a modificar toda a história de jornalismo no mundo inteiro.

Fotografia social, nesta categoria estão incluídas a fotografia política, de economia e negócios e fotografia de fatos gerais dos acontecimentos das cidades, estado e o País, incluindo a fotografia de tragédia, fotografia desportiva nesta categoria normalmente as informações de lances individuais influem na sua publicação.

Fotografia cultural, neste tipo de fotografia costuma chamar a atenção para a notícia antes dela ser lida, fotografia policial, crimes, mortes.

Este tipo de fotografia muitas vezes, recebe destaque na sua publicação, o que provoca as mais variedades reações diante dos factos.

 

Via Jornal O PAÍS (Edição Impressa) Nº 579

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas