Angola

Dólar nas ruas de Luanda ‘fixo’ nos 490 kwanzas pela quinta semana consecutiva

A compra de dólares nas ruas de Luanda completou hoje a quinta semana consecutiva sem alterações, mantendo-se nos 490 kwanzas, o maior período de estabilidade de preços no mercado paralelo após as fortes subidas de junho.

A situação foi constatada pela agência Lusa numa ronda pelas ruas da capital angolana e é justificada pela falta de dólares e de moeda nacional no mercado, mas com o mercado paralelo a transacionar ainda muito acima do câmbio oficial.

As ‘kinguilas’ de Luanda, como são conhecidas as mulheres que se dedicam à compra e venda de divisas na rua, insistem que não há kwanzas no mercado, o que por sua vez trava a subida do preço do dólar.

Apesar deste período de estabilidade, que se regista desde praticamente o início de outubro, ninguém arrisca uma previsão para as próximas semanas, tendo em conta o período de Natal e as habituais viagens para o estrangeiro e correspondente aumento de procura de divisas.

O preço praticado no mercado de rua de Luanda permaneceu próximo dos 600 kwanzas por cada dólar em agosto e julho, depois de máximos acima dos 630 kwanzas em junho, embora com pontuais flutuações semanais.

Na ronda semanal realizada hoje pela Lusa, a venda de cada dólar estava fixa nos 490 kwanzas nos bairros de São Paulo, Mártires de Kifangondo, Maculusso e na Mutamba, ainda cerca de três vezes acima da taxa oficial de câmbio.

O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Angola, Ricardo Velloso, defendeu a 16 de novembro, em Luanda, após duas semanas de reuniões, anuais, com as autoridades angolanas, a necessidade de uma “flexibilidade na política cambial” angolana.

 

Leia +

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas