Dólar nas ruas de Luanda ‘fixo’ nos 490 kwanzas pela quinta semana consecutiva

Dólar nas ruas de Luanda ‘fixo’ nos 490 kwanzas pela quinta semana consecutiva

25 Novembro, 2016 0 Por Staline Satola

A compra de dólares nas ruas de Luanda completou hoje a quinta semana consecutiva sem alterações, mantendo-se nos 490 kwanzas, o maior período de estabilidade de preços no mercado paralelo após as fortes subidas de junho.

A situação foi constatada pela agência Lusa numa ronda pelas ruas da capital angolana e é justificada pela falta de dólares e de moeda nacional no mercado, mas com o mercado paralelo a transacionar ainda muito acima do câmbio oficial.

As ‘kinguilas’ de Luanda, como são conhecidas as mulheres que se dedicam à compra e venda de divisas na rua, insistem que não há kwanzas no mercado, o que por sua vez trava a subida do preço do dólar.

Apesar deste período de estabilidade, que se regista desde praticamente o início de outubro, ninguém arrisca uma previsão para as próximas semanas, tendo em conta o período de Natal e as habituais viagens para o estrangeiro e correspondente aumento de procura de divisas.

O preço praticado no mercado de rua de Luanda permaneceu próximo dos 600 kwanzas por cada dólar em agosto e julho, depois de máximos acima dos 630 kwanzas em junho, embora com pontuais flutuações semanais.

Na ronda semanal realizada hoje pela Lusa, a venda de cada dólar estava fixa nos 490 kwanzas nos bairros de São Paulo, Mártires de Kifangondo, Maculusso e na Mutamba, ainda cerca de três vezes acima da taxa oficial de câmbio.

O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Angola, Ricardo Velloso, defendeu a 16 de novembro, em Luanda, após duas semanas de reuniões, anuais, com as autoridades angolanas, a necessidade de uma “flexibilidade na política cambial” angolana.

 

Leia +