Juros e amortizações da dívida pública 'levam' 261 milhões de kwanzas em 2017

Juros e amortizações da dívida pública 'levam' 261 milhões de kwanzas em 2017

23 Novembro, 2016 0 Por Staline Satola

O Governo angolano prevê amortizar 10,5 milhões de euros da dívida pública em 2017, mas só de juros o Estado deverá pagar ainda 2,7 mil milhões, segundo a proposta de Orçamento Geral do Estado (OGE).

De acordo com o documento, aprovado na generalidade, na Assembleia Nacional, na quinta-feira, e que segue para análise das comissões parlamentares de especialidade, mais de 6,5 por cento de todas as despesas do Estado em 2017 será para pagamento de juros da dívida pública.

Os juros da dívida interna vão custar aos cofres angolanos mais de 261.873 milhões de kwanzas (1.485 milhões de euros), enquanto a dívida contraída externamente implicará no próximo ano juros de 222.284 milhões de kwanzas (1.260 milhões de euros).

Angola vive desde finais de 2014 uma profunda crise financeira e económica decorrente da quebra para metade nas receitas com a exportação de petróleo, recorrendo à emissão de dívida nomeadamente para manter vários projetos públicos e impulsionar a economia.

Além dos juros da dívida, o Governo angolano orçamentou para o próximo ano 1,853 biliões de kwanzas (10,5 mil milhões de euros) para amortizar dívida pública, correspondente a 25% de todas as despesas públicas em 2017.

No relatório de fundamentação do OGE para o próximo ano, o executivo alerta para as consequências da “redução permanente das receitas petrolíferas” na gestão da dívida pública, pela eventual “redução da capacidade do Estado de cumprir com o serviço da dívida externa”.

“Esse facto compromete a capacidade do Executivo de se financiar no mercado financeiro internacional, face ao aumento do nível de risco soberano do país, forçando a reduzir a despesa pública”, alerta o documento, que sublinha, por outro lado, a importância que o Governo atribui em cumprir com estes pagamentos.

A dívida pública governamental angolana deverá atingir 52,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017, mais do que duplicando em quatro anos, até ao equivalente a 62,8 mil milhões de dólares (59,3 milhões de euros), segundo o relatório de fundamentação do OGE.

Contudo, segundo a contabilização do Fundo Monetário Internacional, que soma a dívida das empresas públicas à da administração central, o endividamento público angolano já deverá ter ultrapassado em 2016 os 70% do PIB.

 

 

Leia +