Mundo

KKK declara apoio a Trump. "Repulsivo", responde candidato

O grupo neonazi, racista e xenófobo defende que a “América só pode ser grande outra vez”, como pede o candidato republicano, se seguir os ideais da supremacia branca.

O jornal oficial do Ku Klux Klan (KKK) declarou o seu apoio a Donald Trump, mas o candidato rejeitou qualquer associação ao grupo.

O ‘The Crusader’ publicou esta semana uma fotografia do republicano na primeira página, acompanhada do slogan “Make America Great Again”.

“O que fez a América grande em primeiro lugar? A resposta é simples e curta: a América era grande não por causa do que nossos antepassados fizeram, mas por causa de quem eram”, defende o autor do artigo.

O grupo racista alega que o país só teve sucesso porque foi fundado por pessoas brancas e cristãs.

“The Crusader” is the official newspaper of the KKK.

 

Em resposta, em comunicado citado pela CNN, a campanha de Donald Trump rejeitou o apoio

“O senhor Trump e a campanha condenam qualquer forma de ódio. Esta publicação é repulsiva e as suas visões não representam as dezenas de milhões de americanos que se unem por trás da nossa campanha”.

 

Já em fevereiro, o líder do grupo pela supremacia branca, David Duke, disse identificar-se com os ideais expressos por Trump.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas