Famosos

Njinga Mbande de volta à Trienal

A Companhia Catarcis Teatro volta a exibir hoje, às 20 horas, a peça Njinga Mbande no Palácio de Ferro, sede da III Trienal de Luanda, depois de a ter apresentado no passado mês de Outubro.

A obra de Mac Gonell é inspirada na disputa do poder entre Njinga Mbande e o irmão Ngola Mbande, após a morte do pai, Ngola Kiluanje. Njinga Mbande nasceu em 1582 e morreu em 1663.

Conceição Manuel (Njinga Mbande) e Gusmão Soeiro (Ngola Mbande) “encarnam” as personagens principais.Além destes actores, Melita António (Fuxi), Olívia Barroso (Kambe), Francisco João (Ngola Hady), Manuel Pereira e Cheilo António (figurantes), completam o elenco.

Refira-se que Njinga Mbandi Ngola Kiluanji nasceu em 1582, no Ndongo, filha do Ngola com uma escrava ambundo. Ainda criança, começou a ser treinada para o combate e o uso de armas.

Com oito anos de idade, acompanhou o séquito do pai numa uma batalha, como parte dos exercícios de guerra. Com a morte do pai, em 1617, o seu irmão Mbandi tornou-se Ngola, ascendendo ao trono de Ndongo.

A exibição da peça  está inserida no programa da Trienal de Luanda que decorre sob o lema “Da utopia à realidade – Da escravatura ao fim do Apartheid” e que apresenta encenações às quintas-feiras.

Pelo palco Ngola já passaram várias companhias de teatro, com destaque para Pitabel, Oásis, Twana e Enigma.

 

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas