Mundo

Pentágono anuncia morte de alto responsável da Al-Qaeda na Síria

Os Estados Unidos mataram na sexta-feira Abou Afghan Al-Masri, um alto responsável da Al-Qaeda, no decorrer de um ataque aéreo com um drone, anunciou hoje o Pentágono, segundo a agência AFP.

Al-Masri, de origem egípcia, tinha-se juntado à Al-Qaeda no Afeganistão antes de entrar para uma ramificação da organização extremista na Síria, indicou Peter Cook, porta-voz do Pentágono.

“Estava no nosso radar há já algum tempo”, disse Cook, explicando que Al-Masri tinha “ligações a grupos terroristas” em todo o Médio Oriente.

O ataque de drone aconteceu próximo da cidade de Sarmada, na província de Idleb (noroeste do país), de acordo com o responsável do Pentágono.

Na sua maioria, os ataque aéreos norte-americanos em território sírio são dirigidos contra o grupo Estado Islâmico (EI), mas os Estados Unidos têm levado a cabo alguns ataques contra a Al-Qaeda e seus aliados locais no país, que pareciam ganhar força nos últimos meses, refere a agência AFP.

A 2 de novembro, o Pentágono já tinha anunciado a morte de Haydar Kirkan, apresentado como “o mais alto responsável na Síria pela preparação de ataques” no estrangeiro do grupo extremista.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas