Mundo

Rússia e EUA: Querem extradição de hacker russo detido em Praga

O Ministério da Justiça checo informou hoje que a Federação Russa juntou-se aos EUA na pretensão de obter a extradição de um russo acusado de ataques informáticos, com roubo de informação, a empresas norte-americanas.

Entre as companhias visadas estão a LinkedIn e a Dropbox, no meio de outras da área da Bacia de São Francisco, no Estado da Califórnia.

O Ministério checo especificou que a Federação Russa pretende a extradição de Yevgeniy Nikulin devido a um roubo na Internet, datado de 2009.

Anteriormente, dirigentes russos tinham afirmado que pretendiam evitar a extradição de Nikulin para aos EUA.

Nikulin foi detido em Praga em 05 de outubro passado, depois de a Interpol ter emitido um mandado de captura internacional.

O Ministério adiantou que o homem, de 29 anos, vai permanecer preso até que à audiência sobre a sua extradição, a qual ainda não tem data marcada.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas