Angola

Benguelenses esperam Natal menos afortunado

A sociedade benguelense não está a parte da realidade do resto do pais, deste modo, para quadra festiva que se avizinha.

A população mostra mostra-se preocupada com a escassez de verbas e de oferta no mercado, para rechear este natal.
Dezembro para muitos o mês mais aguardado do ano.
Estando 2016 manchado pela crise em Benguela agentes sociais, quer individuais quer institucionais, guardam reservas para aquela que deveria ser a mágica noite de natal.
O economista Henrique Pascoal defende que o comportamento de muitos cidadãos angolanos, as vezes deixa muito a desejar.
Sobretudo neste mês, porque mesmo com carências e dificuldades algumas famílias ainda têm um consumo exagerado.
O poder de compra das famílias está a diminuir, o especialista visualiza dois caminhos opcionais:

Uns farão gastos exorbitantes e começarão o ano com dividas.

Outro, poderão retrair o seu consumo.

Henrique Pascoal aconselha os angolanos a viverem de acordo o dinheiro que têm no bolso, apostando no que realmente precisam.
Para si, janeiro não e o mês da pobreza, dura tanto como os outros.

 

 

Via Jornal OPAÍS Edição Nº 645

Staline Satola

Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Related Articles

Close
Ir para a barra de ferramentas