Caso Chapecoense: Diretor-geral da LaMia detido na Bolívia

Caso Chapecoense: Diretor-geral da LaMia detido na Bolívia

7 Dezembro, 2016 0 Por Staline Satola

Companhia aérea está a ser investigada no seguimento da queda do avião em que seguia a equipa do Chapecoense.

O diretor-geral da companhia aérea LaMia foi detido esta terça-feira pelas autoridades bolivianas.

De acordo com a rede Globo, que cita a imprensa nacional, Gustavo Vargas Gamboa foi levado para o Ministério Público Departamental de Santa Cruz pelos procuradores responsáveis pela investigação aberta no seguimento da queda de um avião, na noite de 28 de novembro.

A detenção aconteceu no seguimento de uma busca feita na sede da LaMia, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Os procurados detiveram ainda dois funcionários da companhia aérea e apreenderam documentação e material informático, além de interditar o acesso aos escritórios da empresa.

A LaMia está a ser investigada desde a queda de um avião com 77 pessoas a bordo. A aeronave em que seguia a equipa da Chapecoense despenhou-se na cidade de Medellín, na Colômbia, provocando a morte a 71 pessoas.