Mundo

Caso Chapecoense: Diretor-geral da LaMia detido na Bolívia

Companhia aérea está a ser investigada no seguimento da queda do avião em que seguia a equipa do Chapecoense.

O diretor-geral da companhia aérea LaMia foi detido esta terça-feira pelas autoridades bolivianas.

De acordo com a rede Globo, que cita a imprensa nacional, Gustavo Vargas Gamboa foi levado para o Ministério Público Departamental de Santa Cruz pelos procuradores responsáveis pela investigação aberta no seguimento da queda de um avião, na noite de 28 de novembro.

A detenção aconteceu no seguimento de uma busca feita na sede da LaMia, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Os procurados detiveram ainda dois funcionários da companhia aérea e apreenderam documentação e material informático, além de interditar o acesso aos escritórios da empresa.

A LaMia está a ser investigada desde a queda de um avião com 77 pessoas a bordo. A aeronave em que seguia a equipa da Chapecoense despenhou-se na cidade de Medellín, na Colômbia, provocando a morte a 71 pessoas.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas