DesportoMundo

Liga Portuguesa: Benfica vence Rio Ave e Mantem-se a 4 do FCPorto

O Benfica carimbou uma vitória por 2-0 sobre o Rio Ave, com dois golos no primeiro tempo: Mitroglou e Pizzi, ainda no primeiro tempo. A águia voa agora mais alto na liderança com 38 pontos, mais quatro do que o FC Porto que ocupa o segundo lugar.

Mitroglou regressou à titularidade e rapidamente começou a facturar. Depois de algumas ameaças à baliza de Cássio, o grego acabou por inaugurar o marcador (14′) com Pizzi na assistência. Um golo que espelhava a superioridade do tricampeão nacional no jogo: mandão e criterioso no ataque.

A superioridade no marcador trouxe mais conforto às águias que, mesmo com menos intensidade e com um ritmo mas baixo, não deixaram de dominar. Os vilacondenses mostravam vontade de fazer mais, mantendo as linhas subidas. No entanto, mantinham-se as mesmas dificuldades em progredir no terreno, longe de sujar o equipamento a Ederson.

Num momento em que o jogo estava estagnado, Pizzi acordou o Estádio da Luz com uma jogada fantástica com Rafa, que resultou no segundo golo dos encarnados, perto do intervalo. Um golo que trouxe um conforto maior aos encarnados e que trouxe mudanças na segunda parte, na formação do Rio Ave.

Gerir até aos últimos minutos 

Luís Castro apostou numa dupla mudança, ao tirar Filipe Augusto e Filip Krovinović, tirando Tarantini e Gil Dias, respetivamente. A entrada de Gil Dias mexeu com adinâmica da equipa, trazendo mais capacidade de transporte e rotura na transição.

Mais atrevido, o Rio Ave não deixou de procurar o golo, com Rúben Ribeiro a protagonizar uma boa oportunidade (65′), com um forte remate para uma grande defesa de Ederson, imperial a guardar as redes encarnadas.

Porém, o Benfica nunca perdeu o controlo da partida. Mitroglou ainda voltou a colocar o esférico no fundo das redes de Cássio (72′), mas o golo foi invalidado, e bem, pela equipa de arbitragem. Já com Jonas em campo – que entrou para a saída de Rafa Silva -, o tricampeão nacional geriu os minutos finais com inteligência, defendendo os três pontos até ao apito de Rui Costa. Ao cair do pano, Pizzi foi expulso, por duplo amarelo.

Related Articles

Close
%d bloggers like this:
Ir para a barra de ferramentas