Síria: Tropas russas descobrem valas comuns com civis em Aleppo

Síria: Tropas russas descobrem valas comuns com civis em Aleppo

27 Dezembro, 2016 0 Por Staline Satola

Dezenas de vítimas teriam sido torturadas, mutiladas, fuziladas. Rússia culpa rebeldes por atrocidades, enquanto ONGs de direitos humanos acusam tropas de Assad e o EI.

Alemanha anuncia programa humanitário para Aleppo.

Na cidade síria de Aleppo, soldados russos afirmam ter encontrado valas comuns com dezenas de cadáveres de civis. Segundo o Ministério da Defesa em Moscou, algumas das vítimas apresentavam marcas de tortura e mutilações, outras haviam recebido tiros.

A descoberta macabra não é totalmente surpreendente. Nas últimas semanas, organizações direitos humanos vinham registrando massacres e torturas no ex-reduto rebelde no norte da Síria.

Ao mesmo tempo, a responsabilidade pelas atrocidades é controversa. Segundo o porta-voz do ministério russo Igor Konashenkov, as investigações futuras forçarão os apoiadores ocidentais da oposição síria a “reconhecer sua responsabilidade pela crueldade” dos rebeldes.

 

 

Leia +