Mundo

Turquia: Confrimada a morte a tiros do Embaixador da Rússia em Ancara

Ministério do Exterior russo confirma morte de diplomata após ataque em galeria de arte em Ancara. Atirador é identificado como um policial fora de serviço e gritou “não esqueçam Aleppo!” ao efetuar disparos.

O embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, morreu após ter sido baleado por um desconhecido no início da noite desta segunda-feira (19/12) na capital, Ancara, confirmou uma porta-voz do Ministério do Exterior russo.

O ataque ocorreu quando Karlov, de 62 anos, discursava na abertura de uma exposição fotográfica numa galeria de arte. A agência de notícias Anadolu afirmou que o responsável pelo ataque foi “neutralizado”.

Fotos publicadas pelo jornal turco Hurriyet mostram ao menos dois homens de terno deitados no chão enquanto outro homem segurava uma arma. O ministro do Interior da Turquia, Süleyman Soylu, confirmou que o homem que assassinou o embaixador russo era um policial que fazia parte das forças especiais da capital.

Nascido em 1994, em Söke, uma cidade no oeste da Turquia, o atirador foi identificado como Mevlüt Mert Altintas. Ele estava há mais de dois anos nas forças especiais, afirmou o ministro em entrevista coletiva. Após o ataque, a polícia invadiu a sala onde estava o embaixador e matou o atirador.

 

 

Via DW

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas