Angola

Baixo preço de fertilizantes antevê aumento da colheita agrícola em 2017

A redução, de 25 mil kwanzas para cinco mil, do preço do saco de adubo de 50 quilogramas vai permitir aumentar a colheita agrícola na época de cultivo em curso (2016/2017).

Afirmou nesta segunda-feira em Luanda, o presidente da Confederação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-pecuárias de Angola (Unaca), Albano Lussati.

Em declarações à Angop, a propósito do ano agrícola 2016/2017, o presidente da Unaca referiu que os primeiros resultados da baixa do preço dos fertilizantes já são notáveis na cintura verde de Luanda, particularmente em Cacuaco, onde floresce uma grande produção do milho, batata e cebola.

De acordo Albano Lussati, a época agrícola arrancou bem e está em curso o cultivo, bem como o lançamento das sementes. Disse que é uma acção que resulta da disponibilização dos fertilizantes e das sementes da parte do Executivo angolano.

Segundo o presidente da Unaca é grande a disposição dos camponeses em adquirem o adubo.

“Estamos na quadra festiva e os produtos do campo mantêm os preços habituais, graças a rápida colocação dos adubos e das sementes à disposição dos camponeses”, referiu.

Afirmou que em toda a região sul de Angola as cooperativas estão a receber adubos do tipo 12,24,12, o sulfato de amónio e a ureia.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas