Tecnologia

China eliminou app do jornal New York Times da Apple Store

A China voltou a censurar uma aplicação ocidental alegando infrações a uma legislação que simplesmente não existe!

A app visada é a do conhecido jornal New York Times (NYT) que misteriosamente desapareceu da App Store da Apple para o mercado chinês no passado dia 23 de dezembro.

O New York Times foi informado por um porta voz da Apple que a suspensão da sua aplicação da App Store era temporária, escusando-se a explicar o sucedido e a adiantar qual o canal chinês que tinha requerido esta exclusão.

O jornal americano, um dos mais lidos a nível mundial, a explicação é simples: trata-se de mais uma manobra da censura chinesa que quer toldar a visão dos cidadãos chineses impedindo-os de aceder ao jornalismo independente que rege as linhas editoriais do New York Times.

O bloqueio do New York Times na China é um tema recorrente, já que em 2012 as autoridades chinesas bloquearam o acesso ao site do jornal quando foi divulgada uma reportagem que mostrava os patrimónios financeiros de vários membros do governo comunista chinês e das respetivas famílias.

A censura na China vai continuar, tendo no final do passado mês de dezembro o órgão que regula o ciberespaço chinês reafirmado a salvaguarda da soberania da China na dimensão digital, nem que seja necessário apelar à mobilização militar para cumprir os seus intentos.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas