4 Suplementos para actividade física

4 Suplementos para actividade física

10 Março, 2017 0 Por Staline Satola

Suplementos são alimentos especiais que fornecem nutrientes ao nosso organismo quando, por meio da alimentação, não atingimos a necessidade diária.

São indicados de acordo com a necessidade individual, com o benefício de corrigir uma deficiência nutricional, melhorar o desempenho, aumento de massa muscular, retardo da fadiga, evitar lesões etc. Esses produtos devem ser adicionados na alimentação e nunca como substitutos de refeições.

A seguir, vamos conhecer a importância de cada um desses produtos:

– Carboidratos: são os mais importantes para o desempenho do atleta, já que servem como combustível para o cérebro e o corpo. Sem o consumo adequado desse nutriente, perde-se massa muscular e não gordura como muitos pensam.

Uma pergunta que muitos se fazem: quando devo consumir? O horário correto para consumo é 30 minutos antes do treino, durante, caso seu treino seja superior a uma hora, e após a atividade física. Existem carboidratos que devem ser consumidos antes do treino, do tipo complexo, pois liberam energia gradualmente no organismo. Ex.: Maltodextrina, Palatinose etc. Já os carboidratos simples podemos indicar durante ou após o treino, pois fornecem energia de forma imediata. Ex.: Dextrose, Ribose etc.

1– Proteínas:

São fundamentais nos exercícios, pois auxiliam na construção, manutenção e reparo de tecidos, como músculos. Durante a atividade, há maior lesão nas fibras musculares, mas com suplementação adequada, evitamos a perda de massa muscular e consequentemente aumentamos o ganho. Seu consumo deve ser realizado após o treino, misturado sempre com água, para melhor absorção. Exemplos de proteínas: whey protein concentrado, whey protein isolado, whey protein hidrolisado, albumina, caseína, proteína isolada da soja etc.

2– Hipercalóricos:

Uma preocupação dos praticantes de atividade física é o consumo adequado de calorias. Nesses suplementos encontramos grande concentração de calorias, carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e gorduras. Indicados para pessoas que têm um gasto energético muito alto, como quem tem metabolismo acelerado e/ou dificuldade de ganhar peso. Devem ser introduzidos entre as refeições já realizadas diariamente.

3– BCAA:

São aminoácidos essenciais para nosso organismo, ou seja, não são produzidos e devem ser suplementados. Composto por Leucina, Isoleucina e Valina, esses aminoácidos têm função de fornecer energia e evitar a fadiga nos músculos, além da recuperação mais eficiente.

4– Multivitamínicos:

São complementos alimentares compostos por vitaminas e minerais. Para praticantes de atividades físicas, essa necessidade é aumentada, pois existe um maior desgaste físico para recuperação e reparação dos tecidos, perda de sais minerais pelo suor e aumento da produção de radicais livres. A suplementação de vitaminas e minerais é rica em antioxidantes, que contribuem para a redução da agressão às células, evitando várias doenças, como câncer.

DICA: lembrando que uma alimentação equilibrada e o uso de suplementos alimentares devem caminhar juntos, pois quando associados, a performance será melhorada.