DesportoMundo

Belenenses pagou a ‘fava’ da ferida europeia e levou chapa 4 do Benfica

Golos de André Almeida, Mitroglou, Salvio e Jonas carimbaram a vitória do Benfica sobre o Belenenses.

Depois da goleada sofrida diante do Dortmund, o Benfica não podia pedir uma melhor reação no estádio da Luz. Quatro golos sem resposta ao Belenenses permitiram recuperar o 1.º lugar da Liga, num jogo a contar para a 25.ª jornada.

Foi com Jonas, mas sem Nelson Semedo, que Rui Vitória abordou esta partida. O habitual titular do lado direito da defesa encarnada deu lugar a André Almeida, que aproveitou da melhor forma a entrada direta no onze.

Quim Machado alertou a sua equipa para os erros e parecia que estava a adivinhar… Logo aos 12 minutos, o camisola 34 das águias aproveitou uma deslize de Miguel Rosa na área e inaugurou o marcador na Luz. Um golo totalmente a favor da corrente do jogo.

Um domínio avassalador e uma resposta que nunca apareceu

O Benfica vinha a dominar por completo. Os azuis do Restelo nem respiravam antes do golo encarnado.

Depois do tento sofrido, qual foi a resposta do Belenenses? Pouca ou nenhuma. O Benfica não deu grandes hipóteses e, mesmo já estando em vantagem, foi querendo dominar a partida. O 1-0 separava as duas formações ao intervalo, mas os grandes golos estavam reservados para o segundo tempo.

Logo a abrir, mais concretamente aos 52 minutos, Kostas Mitroglou abriu o livro. Fora da área, de pé esquerdo e de primeira, o atacante grego marcou um verdadeiro golão, o seu 25.º tento esta temporada. Cristiano, guarda-redes do Belenenses, nem se atirou e ficou apenas a ver a bola entrar na sua baliza.

Oito minutos mais tarde (aos 60’), Salvio disse a Mitroglou: ‘Também quero’. E assim foi… Igualmente de fora da área, o argentino com conta, peso e medida, atirou para o terceiro golo da partida, para delírio dos mais de 50 mil benfiquistas presentes na Luz.

Jonas ainda quis meter o ‘carimbo final’

O Belenenses nunca conseguiu dar resposta ao poderio ofensivo das águias e Jonas ainda foi a tempo de selar a goleada. Numa boa combinação com Mitroglou, o avançado brasileiro fez o 4-0 e juntou mais um golo à sua conta pessoal.

Depois da derrota sofrida em Dortmund, nada melhor que um 4-0 (desta vez a seu favor) para a águia voltar a voar para o 1.º lugar do campeonato.

Momento do jogo: Golo de Mitroglou. Além de um tento de belo efeito, também sentenciou de certa forma a partida, uma vez que a equipa do Restelo pouco ia conseguindo fazer perante o domínio benfiquista.

 

Tags

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Veja também!

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas