Belenenses pagou a ‘fava’ da ferida europeia e levou chapa 4 do Benfica

Belenenses pagou a ‘fava’ da ferida europeia e levou chapa 4 do Benfica

14 Março, 2017 0 Por Staline Satola

Golos de André Almeida, Mitroglou, Salvio e Jonas carimbaram a vitória do Benfica sobre o Belenenses.

Depois da goleada sofrida diante do Dortmund, o Benfica não podia pedir uma melhor reação no estádio da Luz. Quatro golos sem resposta ao Belenenses permitiram recuperar o 1.º lugar da Liga, num jogo a contar para a 25.ª jornada.

Foi com Jonas, mas sem Nelson Semedo, que Rui Vitória abordou esta partida. O habitual titular do lado direito da defesa encarnada deu lugar a André Almeida, que aproveitou da melhor forma a entrada direta no onze.

Quim Machado alertou a sua equipa para os erros e parecia que estava a adivinhar… Logo aos 12 minutos, o camisola 34 das águias aproveitou uma deslize de Miguel Rosa na área e inaugurou o marcador na Luz. Um golo totalmente a favor da corrente do jogo.

Um domínio avassalador e uma resposta que nunca apareceu

O Benfica vinha a dominar por completo. Os azuis do Restelo nem respiravam antes do golo encarnado.

Depois do tento sofrido, qual foi a resposta do Belenenses? Pouca ou nenhuma. O Benfica não deu grandes hipóteses e, mesmo já estando em vantagem, foi querendo dominar a partida. O 1-0 separava as duas formações ao intervalo, mas os grandes golos estavam reservados para o segundo tempo.

Logo a abrir, mais concretamente aos 52 minutos, Kostas Mitroglou abriu o livro. Fora da área, de pé esquerdo e de primeira, o atacante grego marcou um verdadeiro golão, o seu 25.º tento esta temporada. Cristiano, guarda-redes do Belenenses, nem se atirou e ficou apenas a ver a bola entrar na sua baliza.

Oito minutos mais tarde (aos 60’), Salvio disse a Mitroglou: ‘Também quero’. E assim foi… Igualmente de fora da área, o argentino com conta, peso e medida, atirou para o terceiro golo da partida, para delírio dos mais de 50 mil benfiquistas presentes na Luz.

Jonas ainda quis meter o ‘carimbo final’

O Belenenses nunca conseguiu dar resposta ao poderio ofensivo das águias e Jonas ainda foi a tempo de selar a goleada. Numa boa combinação com Mitroglou, o avançado brasileiro fez o 4-0 e juntou mais um golo à sua conta pessoal.

Depois da derrota sofrida em Dortmund, nada melhor que um 4-0 (desta vez a seu favor) para a águia voltar a voar para o 1.º lugar do campeonato.

Momento do jogo: Golo de Mitroglou. Além de um tento de belo efeito, também sentenciou de certa forma a partida, uma vez que a equipa do Restelo pouco ia conseguindo fazer perante o domínio benfiquista.