BelezaDicas!

Cabelos prendidos, erros que se cometem todos os dias por trazer facilidade ao sair de casa

Cabelos prendidos é a preocupação dos dermatologistas, eles estão aconselhando as mulheres a pararem.

O  tão amado pochinho. Facilita e muito a vida naqueles dias que seu cabelo está parecendo um óleo só, não é mesmo?! Mas será que esse hábito não está prejudicando os seus fios?

As consequências são extremamente drásticas: começamos a perder o cabelo. Alguns começam a prender o cabelo muito forte desde  pequenos  e, olhando as fotos agora, dá para ver o efeito que causa ao nosso cabelo.

Para piorar a situação, o problema vai se agravando ainda mais com o passar dos anos, o que nos leva a procurar um tratamento.

Podendo nos levar a ter de passar por um transplante folicular de 8 horas. O procedimento implica retirar uma fina tira de pele com o cabelo da parte de trás do couro cabeludo. Assim, ele é transplantado para uma área onde houver a queda que é geralmente em torno da linha do cabelo, no topo da cabeça ou sobrancelhas. Em Angola nós ainda não temos esse tratamento por isso mas vale:

“Prevenir do que remediar”

A alopécia de tração nome dado a perda do cabelo causada por prender o cabelo de forma excessiva é realmente grave e acontece quando a pessoa usa muitas vezes o mesmo estilo, puxando-o várias e várias vezes, tal como em um puchinho.

Se você usar o seu cabelo dessa forma uma vez, isso provavelmente não irá acontecer. Mas com o tempo, essa força irá em algum momento danificá-lo a um ponto que ele parará de crescer no folículo.

E lembre-se: muitas pessoas não têm ideia de que isso está acontecendo com elas, já que ninguém sente dor ou desconforto enquanto usam tal estilo de cabelo. Ou seja, melhor ficar atento e mudar um pouco, se for necessário. Fique atenta aos sinais e descubra se tens este problema.

E você? Já sofreu com a alopécia? Conta para nós como isso aconteceu. Deixe seu comentário terei o pleno prazer em ajudar você,bjs.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas