Mundo

Equipa feminina de futebol do Tibete impedida de jogar nos Estados Unidos

As jogadores alegam que lhes foi negado o visto para jogarem num torneio no Texas.

Uma equipa de futebol feminino do Tibete diz ter sido impedida de jogar nos Estados Unidos, depois de ter sido negado a todas as jogadoras o visto necessário para que pudessem participar num torneio no Texas, noticia a BBC.

A maior parte das jogadoras são refugiadas tibetanas a viver na Índia e pediram o visto à embaixada norte-americana, em Deli. Donald Trump impôs regras aos cidadãos provenientes de sete países – cuja medida está neste momento congelada -, mas a mesma não se aplica à Índia ou à China.

À BBC, Cassie Childers, diretora executiva da equipa de futebol feminina e cidadã americana, disse ter acompanhado o grupo das 16 jogadoras às entrevistas na embaixada no dia 24 de fevereiro.

“Estou desapontada porque estamos a planear esta viagem há muito tempo. É um grande momento na vida de qualquer jogadora. Era uma oportunidade de dizermos ao mundo que as mulheres tibetanas são capazes de alcançar qualquer coisa”, explicou.

As autoridades norte-americanas explicaram à agência AP que não podiam comentar casos individuais, mas que a posição dos EUA face ao Tibete não tinha mudado. Para eles, o Tibete continua a ser reconhecido como uma parte da China.

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Veja também!

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas