#Nazi, Unicef, Reuters e Parlamento Europeu alvo de piratas informáticos

#Nazi, Unicef, Reuters e Parlamento Europeu alvo de piratas informáticos

15 Março, 2017 0 Por Staline Satola

O ataque informático terá sido levado a cabo por apoiantes do regime turco.

A polémica com a Turquia parece não ter fim. Esta quarta-feira é conhecido um novo capítulo: um ataque de piratas informáticos.

As contas do Twitter de diversas organizações e dirigentes internacionais foram, esta quarta-feira, alvo de um ataque informático.

De acordo com o noticiado pela Bloomberg são, pelo menos, 25 as contas naquela rede social que foram invadidas com publicações de cariz nazi e de apoio ao regime de Recip Erdogan, o Presidente da Turquia, tendo sido escritas em turco.

Notícias ao Minuto

Em todas as publicações foram utilizadas as ashtags #NaziGermany e #NaziHolland e ainda uma suástica. No texto propriamente dito o ataque era descrito como uma “pequena bofetada otomana”.

“Vemo-nos a 16 de abril”, escreveram, referindo-se ao referendo que terá lugar na Turquia com o objetivo de conceder mais poderes ao Presidente Erdogan.

Notícias ao Minuto

“O que eu escrevi? Aprendam turco”, terminam os tweets.

Entre as contas que foram afetadas encontram-se a da Unicef, Amnistia Internacional, BBC América do Norte, Reuters Japão, Revista Forbes, o jornal alemão Die Welt, Parlamento Europeu, políticos franceses como Alain Juppé, o CEO da Sprint, Marcelo Claure, o Parlamento Europeu entre outros.

Notícias ao Minuto

No vídeo que acompanha os tweets pode ver-se Erdogan a discursar: “Se vamos morrer, então que seja como homens”.