Mundo

Nove comissários europeus denunciam aumento de ataques sexistas

Nove comissários europeus subscreveram hoje uma declaração comum, no âmbito do Dia Internacional da Mulher, em que denunciam o aumento dos ataques contra as mulheres, numa altura em que “nunca houve tantas mulheres a trabalhar”.

“Nunca como em 2017 houve tantas mulheres a trabalhar, a concluir cursos universitários e ativas na política ou a desempenhar cargos cimeiros em empresas europeias”, salientam os signatários.

No entanto, destacam, “a intolerância relativamente às mulheres e a misoginia manifestam-se na esfera pública, assim como sob o repelente anonimato da Internet. Os ataques contra os direitos das mulheres estão a aumentar”.

Os nove comissários — seis homens, incluindo o primeiro vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, e três mulheres — referem ainda que “se é verdade que a taxa de emprego das mulheres na União Europeia atingiu, em 2016, o valor recorde de 65,5%, não é menos verdade que permanece bastante inferior à dos homens, que é de 77%”.

Assim, consideram que “muito há ainda a fazer dentro e fora da Europa”.

O Dia Internacional da Mulher é celebrado a 08 de março.

Tags

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas