Angola

Reafirmada parceria com a União Europeia

Angola e a União Europeia comprometeram-se ontem a trabalhar em conjunto em prol da paz e segurança no continente africano, reafirmando o compromisso já assumido em reuniões anteriores, em conformidade com os objectivos e princípios da Carta das Nações Unidas.

Reunidas em Bruxelas, Bélgica, no âmbito da terceira Reunião Ministerial sobre o Acordo Caminho Conjunto Angola-UE, as delegações analisaram temas relacionados com a paz e segurança, a boa governação, direitos humanos e emigração, desenvolvimento económico e desenvolvimento sustentável.
A Embaixada de Angola na Bélgica disse, em comunicado, que a reunião foi co-presidida pelos ministros do Planeamento e Desenvolvimento Territorial de Angola, Job Graça, e dos Negócios Estrangeiros da República de Malta, George Vella, em representação da Alta Representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, Frederica Mogherini.
Foi feita alusão ao processo eleitoral a decorrer em Angola em 2017, tendo sido trocada informação relevante a esse respeito. Angola revelou os esforços que o Governo tem vindo a realizar em prol da maturação democrática do país, promoção da defesa dos direitos humanos e prevenção de crimes transnacionais, nomeadamente ao nível da gestão de fronteiras.
Sobre os temas “Crescimento económico” e “Desenvolvimento sustentável”, as partes concordaram que a diversificação da economia, a promoção do investimento privado e estrangeiro e o fomento das exportações são fundamentais para estimular o potencial económico do país. As delegações analisaram os mecanismos de regulação do comércio da Organização Mundial do Comércio (OMC), os Acordos de Parceria Económicos e as reformas financeiras que Angola tem vindo a realizar.
A UE elogiou o bom trabalho desenvolvido pela presidência angolana da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos e a vice-presidência da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).
Angola e UE reafirmaram a necessidade de se desenvolverem acções urgentes e cirúrgicas para ultrapassar problemas graves de natureza política e humana que continuam a assolar a República Democrática do Congo, o Burundi e a República Centro Africana.

Tags

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Veja também!

Close
Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas