Angola

Reafirmada parceria com a União Europeia

Angola e a União Europeia comprometeram-se ontem a trabalhar em conjunto em prol da paz e segurança no continente africano, reafirmando o compromisso já assumido em reuniões anteriores, em conformidade com os objectivos e princípios da Carta das Nações Unidas.

Reunidas em Bruxelas, Bélgica, no âmbito da terceira Reunião Ministerial sobre o Acordo Caminho Conjunto Angola-UE, as delegações analisaram temas relacionados com a paz e segurança, a boa governação, direitos humanos e emigração, desenvolvimento económico e desenvolvimento sustentável.
A Embaixada de Angola na Bélgica disse, em comunicado, que a reunião foi co-presidida pelos ministros do Planeamento e Desenvolvimento Territorial de Angola, Job Graça, e dos Negócios Estrangeiros da República de Malta, George Vella, em representação da Alta Representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, Frederica Mogherini.
Foi feita alusão ao processo eleitoral a decorrer em Angola em 2017, tendo sido trocada informação relevante a esse respeito. Angola revelou os esforços que o Governo tem vindo a realizar em prol da maturação democrática do país, promoção da defesa dos direitos humanos e prevenção de crimes transnacionais, nomeadamente ao nível da gestão de fronteiras.
Sobre os temas “Crescimento económico” e “Desenvolvimento sustentável”, as partes concordaram que a diversificação da economia, a promoção do investimento privado e estrangeiro e o fomento das exportações são fundamentais para estimular o potencial económico do país. As delegações analisaram os mecanismos de regulação do comércio da Organização Mundial do Comércio (OMC), os Acordos de Parceria Económicos e as reformas financeiras que Angola tem vindo a realizar.
A UE elogiou o bom trabalho desenvolvido pela presidência angolana da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos e a vice-presidência da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).
Angola e UE reafirmaram a necessidade de se desenvolverem acções urgentes e cirúrgicas para ultrapassar problemas graves de natureza política e humana que continuam a assolar a República Democrática do Congo, o Burundi e a República Centro Africana.

Tags

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas