Dicas!Saúde

17 dicas de Segurança no trabalho, enquanto estiver a pintar

1– Conheça o trabalho a ser executado:

A falta de conhecimento sobre o trabalho e dos riscos é um causador de risco. Se a empresa não prover treinamento admissional procure saber os riscos de outra forma.

2– Inspecione os andaimes no começo de cada jornada:

Atenção a cada detalhe, fazer uma inspeção minuciosa é muito importante. Se observar algum risco ainda que pequeno, não utilize o referido andaime. O mesmo vale para qualquer equipamento. Nada vale mais do que a vida.
Acione o reparo qualificado, para posteriormente depois de liberado utilizá-lo.

3– Cuidado com a rede elétrica na pintura de fachadas:

Evite aproximação. Se a rede elétrica oferecer riscos solicite o desligamento até o término do trabalho.

4– Quando estiver trabalhando em altura solicite o isolamento da área a baixo:

Essa atitude colabora com a segurança de quem está trabalhando no nível do solo.

Às vezes por um descuido pode cair algum objeto ou ferramenta, e se tiver alguém passando no momento o acidente pode ser até fatal.

5– Cinto de Segurança:

Ao sair ou entrar no balancim bem como durante todo o exercício de cada atividade o trabalhador deverá usar o Cinto de Segurança.

6– Mantenha o local de trabalho desimpedido e organizado:

A bagunça é um causador de acidentes em potencial. Um ambiente com ferramentas espalhadas por todo lado é um convite para um novo acidente.

7– Participe dos exames periódicos quando convocado:

Através dos exames médicos busca-se um diagnóstico precoce e antecipação de doenças ocupacionais, por isso são importantes.

8– Não levante nem transporte peso acima da sua capacidade física:

Se estiver muito pesado peça ajuda a algum colega na empresa.

9– Janelas, sacadas e vãos abertos:

Em serviços, próximos a sacadas ou vãos de janelas, os trabalhadores devem utilizar o cinto de segurança. Algumas pessoas se penduram para realizar esse tipo de serviço, isso é um erro que pode custar à vida. Dê à devida atenção a atividade que irá executar, não faça na correria faça com segurança.

10– Inspecione o balancim no começo da cada jornada de trabalho:

Isso não é dever só do Setor de Segurança do Trabalho. Na realidade ninguém pode fazer mais pela segurança do trabalhador do que ele mesmo, portanto que cada um faça mais do que a sua parte.

11– Evite contato prolongado com as tintas:

Conheça a composição química da tinta que está utilizando. Para isso basta ler o rótulo do produto. Recomenda-se evitar o contato fazendo uso de luvas, camisa de manga longa, calça comprida e botina. Troque sempre que possível as roupas sujas com o produto.

12– Quando estiver utilizando thinner use proteção adequada:

Em ambientes com ventilação e ventilação moderada a máscara com filtros para vapores orgânicos é recomendada.

13– Para proteção das mãos:

Use luvas com material resistente a solventes. As luvas recomendadas são com borracha butílica, PVC ou outra resistente a solventes.

14– Não reutilize as embalagens de solventes para outros fins:

Principalmente se for para armazenar algum tipo de produto alimentício.

15– Durante a aplicação:

Não coma ou beba. Após a aplicação lave as mãos, mesmo se estiver usando luvas.

16– Após a aplicação:

Retire as roupas sujas com o produto. Retire também os trapos ensopados com Thinner ou outros materiais combustíveis do local de trabalho.

Algumas misturas químicas nem dependem da ação do homem para entrar em combustão, todo cuidado é pouco. Descarte esses trapos em local seguro.

17– Respeite as normas internas da empresa:

 

Elas foram elaboradas para proporcionar um ambiente mais seguro. Se não concordar com alguma delas, mesmo assim continue obedecendo e procure conversar educadamente a respeito.

Artigos relacionados

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas