Cuanza-Norte regista aumentar de casos de malária

Cuanza-Norte regista aumentar de casos de malária

7 Novembro, 2017 0 Por João Mukixi

Situação ecológica da província facilita a criação e propagação nas comunidades do principal transmissor da doença, considerada caso de saúde pública por fazer crescer nos últimos tempos o índice de mortalidade materna e infantil.

A situação ecológica da província do Cuanza-Norte facilita a procriação e o consequente aumento do mosquito anopheles, principal transmissor da malária na região, afirmou ontem ao Jornal de Angola o supervisor provincial do programa de controlo e combate a referida doença, Gonçalo João Tandala.

De acordo com o responsável, esta patologia tornou-se um problema de saúde pública na província há vários anos, sendo ela a principal causa de morbi-mortalidade, principalmente em mulheres grávidas e crianças menores de 5 anos.