África

Parlamento egípcio prolonga estado de emergência

O Parlamento egípcio aprovou ontem o prolongamento por três meses do estado de emergência no país, instaurado em Abril de 2017, após dois atentados contra igrejas coptas, reivindicados pelo grupo radical “Estado Islâmico” e que causaram 45 mortos.

A medida de excepção, proposta pelo Presidente Abdel Fattah al-Sisi e validada pelo Parlamento, já foi prolongada por diversas vezes.

Segundo a agência de notícias oficial egípcia, MENA, o decreto presidencial refere que o prolongamento será a partir de 13 de Janeiro.

O estado de emergência amplia consideravelmente os poderes da polícia em matéria de detenção e vigilância e pode restringir a liberdade de movimentos.

O Egipto esteve durante 30 anos em estado de emergência durante o governo de Hosni Mubarak, Presidente derrubado na revolta de 2011.

Fonte
Jornal de Angola

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas