África

Angola e África do Sul preparam transacções comerciais em kwanzas e rands

As transacções comerciais entre a África do Sul e Angola podem passar a ser feitas nas respectivas moedas nacionais, o Rand e o Kwanza, admitiu em Luanda a director Zanele Sanni, que participou em Luanda num fórum dedicado à agro-indústria e agro-negócios promovido pela Câmara de Comércio e Indústria dos dois países, admitiu que as instituições bancárias e organismos financiadores regionais e sub-regionais estão a analisar quais os mecanismos a recorrer para regular as transacções comerciais realizadas em moeda angolana e sul-africana.

A acontecer, esta possibilidade abre a porta ao regresso do Kwanza ao palco das moedas com valor internacional, depois de um acordo de conversão monetária entre Angola e a Namíbia ter fracassado pouco depois da sua implementação, há cerca de dois anos, devido ao acumular gigantesco de kwanzas pelo Banco da Namíbia.

Esse acordo, que previa a aceitação de kwanzas em algumas cidades e regiões fronteiriças namibianas, recorde-se, vigorou alguns meses em 2015, e gerou, antes de ser interrompido, uma dívida ao país vizinho superior a 300 milhões de dólares norte-americanos devido ao fluxo de cidadãos nacionais que aproveitaram para realizar compras do outro lado da fronteira com a moeda nacional. Essa dívida está a ser paga em tranches regulares.

Este acordo permitiu a milhares de angolanos ultrapassar a dificuldade no acesso a divisas e a moeda forte estrangeira mas durou muito pouco tempo porque se constatou rapidamente que tinha apenas um sentido, de Angola em direcção à Namíbia, ficando o banco Nacional de Angola responsável por readquirir os kwanzas depositados do Bando da Namíbia com divisas, nomeadamente dólares norte-americanos.

Fonte
TPA

Staline Satola

Estudante do curso de Informática e Telecomunicações, faculdade de Engenharia, Univerdade Óscar Ribas. Trabalho com gestão de conteúdo desde 2012! Atualmente procurando aprender mas acerca de CMS (WP).

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
Ir para a barra de ferramentas