Um homem sul-africano foi considerado culpado de matar sua ex-namorada de 22 anos em um caso que chocou o país no ano passado

Um homem sul-africano foi considerado culpado de matar sua ex-namorada de 22 anos em um caso que chocou o país no ano passado

3 Maio, 2018 0 Por Staline Satola

O Supremo Tribunal de Joanesburgo concluiu que Sandile Mantsoe esfaqueou Karabo Mokoena e tentou esconder o crime queimando os seus restos mortais.

Seu assassinato provocou indignação com mulheres usando a hashtag #MenAreTrash.

A África do Sul tem uma das taxas mais altas do mundo de estupro e assassinato de mulheres.

Mais de 40.000 casos de estupro são relatados a cada ano, números considerados apenas uma fração dos ataques reais.